BUSCOPAN » Para que serve, Como tomar e Efeitos Colaterais!

BUSCOPAN
Escrito por Kayo Dutra

Normalmente recomendado a problemas relacionados a cólicas, incluindo, mas não limitando-se às localizadas na região estomacal, o Buscopan composto ou só o Buscopan, pode ser encontrado na maioria das farmácias ao redor do país.

Seu uso, no entanto, assim como o da maioria dos fármacos, geralmente é condicionado à recomendação de um médico ou dentista, que por sua vez, deve considerar as condições do paciente a fim de avaliar melhor a prescrição.

Com esses conhecimentos, apresentamos a seguir uma lista de informações úteis a respeito deste medicamento, bem como detalhes sobre seu uso e eventuais contraindicações, conforme dados disponíveis na bula e em sites especializados. Confira abaixo.

O que é o BUSCOPAN?

O Buscopan é um medicamento fabricado originalmente pelo laboratório Boehringer e distribuído em versões de uso oral e adulto, podendo este ser adquirido em farmácias de todo o território nacional.

Vale dizer, porém, que graças a uma ação que partiu da própria fabricante em 2017, o Buscopan composto deixou de ser comercializado em sua versão gotas, pois a fabricação foi suspensa e todos os exemplares nesse formato foram recolhidos do mercado.

A empresa, no entanto, assegurou a qualidade dos medicamentos que estavam disponíveis no mercado até então e informou que tanto o Buscopan comprimido, quanto o Buscopan em gotas, continuariam a ser comercializados, o que de fato aconteceu.

Dito isso, hoje os pacientes têm à disposição o produto em comprimidos revestidos de 10mg + 250mg e embalagens com 120 (disponibilizados em blister de 4) de 20 comprimidos revestidos.

Para que serve?

Além do alívio de cólicas como as intestinais, estomacais, urinárias, menstruais e dos órgãos sexuais femininos, o Buscopan principio ativo pode proporcionar também um alívio nas dores das vias biliares, seja em sua versão em drágeas ou gotas.

É importante ressaltar também que para um alívio mais imediato da dor, o médico pode a seu critério indicar o uso da versão composta do medicamento, o que pode depender também das condições observadas no paciente.

Existe contraindicação?

O Buscopan simples pode possuir contraindicação em diversas circunstâncias. Entre as mais comuns estão aquelas em que o paciente possui alergia a analgésicos de ação ou composição similares à dipirona, o que pode incluir isopropilaminofenazona, propifenazona, fenazona e fenilbutazona, dentre outros – ao butilbrometo de escopolamina ou quaisquer outros componentes da fórmula.


Entre as reações que podem ser consideradas alérgicas, estão as que trazem sintomas como:

  • Dor de garganta;
  • Febre;
  • Alteração na boca e garganta;
  • Redução ou desaparecimento de células brancas no sangue.

Outros casos em que o uso do Buscopan não é indicado são em pacientes com:

  • Asma induzida por analgésicos;
  • Propensão ao desenvolvimento de reações anafilactóides;
  • Risco de broncoespasmo;
  • Comprometimento da medula óssea;
  • Comprometimento no sistema formador de elementos do sangue;
  • Glaucoma;
  • Aumento da próstata com dificuldade na hora de urinar;
  • Estreitamento da passagem do conteúdo no estômago e intestino;
  • Taquicardia;
  • Megacólon;
  • Miastenia Graveis;
  • Gravidez no terceiro trimestre (de gestação);
  • Condições hereditárias raras de intolerância à galactose.

Ainda é importante dizer que, além de ter seu uso absolutamente contraindicado a partir dos 6 meses de gestação, o Buscopan genérico, seja em sua versão pura ou composta, não deve em hipótese alguma ser utilizado por mulheres grávidas sem a recomendação do médico ou dentista.

Como tomar?

De acordo com as informações relacionadas ao medicamento, os comprimidos de Buscopan devem ser ingeridos inteiros, por via oral e com água. Em nenhuma circunstância ele deve ser partido ou mastigado. A dosagem recomendada normalmente gira em torno de 1 a 2 comprimidos revestidos de 10mg/250mg de 3 a 4 vezes por dia.

Isso, porém, pode variar de um paciente para outro e quem pode determinar a dosagem correta de Buscopan é o profissional médico responsável pela prescrição. Vale ressaltar aqui que, pacientes idosos ou com distúrbio nas condições gerais de eliminação de creatina do sangue, geralmente precisam reduzir a dosagem do medicamento, especialmente no que diz respeito ao Buscopan Composto.

Além disso, aqueles que experimentam um mau funcionamento nos rins e fígado também precisam evitar a qualquer custo o uso contínuo e/ou com doses elevadas do mesmo.

Quais os efeitos colaterais?

Por se tratar de um fármaco, o Buscopan e o Buscopan Composto podem causar eventualmente alguns efeitos colaterais. Até onde se sabe, a lista dos mais comuns inclui aqueles relacionados a reações na pele, aumento e alteração nos batimentos cardíacos, boca seca, mudanças na produção de suor, dificuldade ou desconforto na respiração e até retenção de urina.

Em situações mais incomuns e até raras, o paciente que ingerir o medicamento em sua versão composta também pode experimentar outras reações, tais como:

  • Agranulocitose;
  • Erupção cutânea medicamentosa;
  • Reações cutâneas;
  • Síndrome de asma causada por analgésicos;
  • Reação anafilactóide;
  • Reação anafilática;
  • Erupção maculopapular.

Qual o preço?

Tanto o Buscopan quanto o Buscopan Composto são medicamentos de baixo preço. Na maioria dos casos, por exemplo, a faixa de valores tende a variar entre R$ 9 e R$ 15 na maioria das farmácias do país para a caixa 10+ 250mg com 20 comprimidos, podendo ocorrer pequenas variações para mais ou para menos dependendo a região em que o paciente se encontra.

Este artigo foi útil?

Neste artigo buscamos reunir as principais informações encontradas a respeito de Buscopan para que serve. Suas dúvidas em relação ao medicamento foram resolvidas? Esperamos que sim e que este artigo de alguma lhe tenha sido útil.

Para finalizar, precisamos esclarecer que este é um material puramente didático e que não tem qualquer pretensão de substituir a vide bula do Buscopan ou mesmo a recomendação do médico. Assim sendo, trata-se de um conteúdo apenas informativo.

Esse veículo em hipótese alguma se responsabiliza pelo uso desse medicamento, com ou sem a prescrição médica, cabendo ao paciente o dever de obter prescrição de um profissional da saúde qualificado e a esse profissional a devida recomendação de acordo com as condições do paciente.

Se você tem algo a acrescentar a respeito deste conteúdo, fique à vontade para nos deixar uma mensagem com sua opinião e/ou considerações.

LINKS DE REFERÊNCIA

  1. Site Oficial Buscopan

Sobre o autor:

Kayo Dutra

Deixe seu comentário